31º Troféu HQMIX

Começou a votação para o Oscar dos quadrinhos brasileiros, conheça os paraenses que concorrem

Com o objetivo de divulgar, valorizar e premiar a produção de artes gráficas no Brasil. O Troféu HQMIX chega a sua 31ª edição com paraenses na disputa.

Criado por José Alberto Lovetro, o Jal, e João Gualberto Costa, o Gual, desde 1989 o Troféu HQMIX é uma das mais tradicionais premiações e vem sendo considerado o Oscar dos quadrinhos brasileiros.

O objetivo do troféu é divulgar, valorizar e premiar a produção de artes gráficas no Brasil. O design do troféu muda a cada ano, na edição passada, dois autores foram homenageados: Mauricio de Sousa e Ziraldo com a escultura da Mônica e Menino Maluquinho. A homenagem deste ano ainda é surpresa. O resultado final dos vencedores de melhores publicações em 2018 será anunciado uma semana antes da entrega dos troféus segundo a comissão organizadora.

 

Nesta semana foi divulgada a lista de indicados para o 31ª edição do Troféu HQMIX

Júri nacional de profissionais da área de quadrinhos escolheu os indicados das categorias do tradicional evento. A lista pode ser conferida no site HQMIX

E tem paraense na disputa do prêmio.

Medo do Escuro do Daniel Jacob concorre na categoria Web Tira. Já o Castanha do Pará do Gidalti Jr. concorre na categoria Exposição.

As votações são realizadas por artistas e profissionais da área, editores, pesquisadores e jornalistas brasileiros.

Comentários