Clássicos

Fotógrafo leva super-heróis de volta no tempo

Sacha Goldberger ilustra a nobreza e fragilidade dos seus heróis de infância retratando eles no estilo clássico do barroco flamengo.

Sacha Goldberger é um fotógrafo francês que recentemente mostrou esta série de trabalhos em uma exposição em Paris. É preciso que os super-heróis e outros personagens voltem no tempo para o século XVI. Confira seu site e sua página no Facebook para ver seu outro trabalho e mais fotos desta série. Sasha tenta responder as seguintes perguntas:

E se Superman tivesse nascido no século XVI?

E se o Hulk fosse um duque? 

Como Van Eyck poderia interpretar a Branca de Neve?

A descoberta de Sacha desses personagens, que remonta à infância, deu origem a um desejo de reapropria-los, de levá-los de volta a um tempo que a pedra angular da arte ocidental moderna. Sacha quer confrontar esses ícones da cultura americana com pintores contemporâneos do barroco flamengo.

A coleção demonstra o uso de técnicas do século XVII, contrapondo luz e sombra para ilustrar a nobreza e fragilidade dos super-heróis. Ele também nos convida a celebrar os heróis da sua infância. Esses personagens se tornaram ícones para revelar sua humanidade: cansados ??de ter que salvar o mundo sem descanso, prometidos a um destino de infinita imortalidade, sempre presos em seu caráter.


Os super-heróis geralmente vivem suas vidas envoltos em anonimato. Esses retratos lhes dão a chance de "consertar" o narcisismo negado. Pela perturbação temporal que produzem, essas imagens nos permitem descobrir, sob a pátina do tempo, uma inesperada melancolia daqueles que são invencíveis.


Como a ficção científica encontra a história da arte, o tempo encontra um desejo inesgotável que está dentro de cada um de nós.

Comentários